Comentários estão desligados para este post

Sínodo 2018: Diocese do Porto propõe questionário do Papa como desafio aos jovens nas férias

Porto, 18 ago 2017 (Ecclesia) – A Diocese do Porto está a propor aos jovens, como desafio de férias, a resposta ao questionário que o Papa Francisco preparou no âmbito do próximo Sínodo dos Bispos, que a Igreja Católica vai dedicar aos mais novos em 2018.

“Agora que estás de férias… não queres aproveitar para responder a umas perguntinhas que o Papa Francisco preparou para ti?”, propõe a página do setor de pastoral juvenil da diocese nortenha, na rede social ‘facebook’.

A Secretaria-Geral do Sínodo dos Bispos acaba de lançar um site para envolver mais os jovens na preparação da próxima assembleia deste organismo, marcada para outubro de 2018.

O questionário em causa está acessível no site http://youth.synod2018.va, em várias línguas (italiano, inglês, francês, espanhol e português), e engloba temas como religião, trabalho, família ou redes sociais, entre outros.

Recorde-se que o Sínodo de 2018 tem como tema os jovens, a fé e o discernimento vocacional.

Em entrevista concedida recentemente à Agência ECCLESIA, durante o 23.º Acampamento Nacional de Escuteiros, em Idanha-a-Nova, D. Joaquim Mendes, responsável pela área da Pastoral Juvenil, destacou a importância dos mais novos participarem ativamente na preparação deste sínodo, nomeadamente através da resposta ao questionário.

“O Papa quer ouvir os jovens de modo a ver como pode levar o evangelho aos jovens”, realça o presidente da Comissão Episcopal para o Laicado e Família, em declarações que podem ser escutadas este domingo, pelas 13h30, no programa ‘70×7, na RTP2.

O Vaticano divulgou em janeiro o documento preparatório para o Sínodo dos Bispos de 2018, anunciando a realização deste inquérito online dirigido às novas gerações, sobre as suas expectativas e a sua vida.

Os chamados ‘lineamenta’ incluíam já um questionário próprio, com 30 perguntas sobre a relação entre jovens, Igreja e sociedade; o acompanhamento espiritual e vocacional dos mais novos, por parte dos responsáveis católicos; a pastoral juvenil vocacional; e um conjunto de questões específicas para os vários continentes.

A publicação do documento preparatório dá início a um processo de consulta que levará à redação do instrumento de trabalho para a assembleia sinodal.

O Sínodo dos Bispos pode ser definido, em termos gerais, como uma assembleia consultiva de representantes dos episcopados católicos de todo o mundo, a que se juntam peritos e outros convidados, com a tarefa ajudar o Papa no governo da Igreja.

Até hoje houve 14 assembleias gerais ordinárias e três extraordinárias, as últimas das quais dedicadas à Família (2014 e 2015).

JCP